9 Maneiras de Proteger as Articulações

Dores nas articulações podem ser um problema quando você está trabalhando e praticando esportes.
Quando você começa a se queixar de dores nas costas ou de quadris rígidos, isso pode parecer um sinal de velhice, porém este é um problema frequente e que não depende tanto da idade, mas dos cuidados com o seu corpo. É hora de começar a cuidar de suas articulações para que você possa aproveitar a vida, treinar e jogar na sua melhor performance.
A rigidez nas articulações é uma condição que pode resultar da falta de cuidados com as mesmas. Estirpes, entorses, luxações e artrite são quatro coisas que você deve evitar como jogador de peteca ou como praticante de qualquer outro esporte. Estas quatro condições são comuns em articulações que estão sujeitas à suporte de peso: joelhos, tornozelos, ombros, cotovelos e pulsos.
A boa notícia é que, com o cuidado adequado, você pode evitar lesões nas articulações usando uma variedade de treinamentos e cuidados para que você se mantenha sempre bem fisicamente.
 

Exercícios de alta intensidade e baixo impacto

Exercícios de corrida e agilidade, são ótimas ferramentas para ativar fibras musculares de contração rápida. No entanto, muito impacto pode causar estresse e danos potenciais. O equilíbrio de exercícios de baixo impacto com atividades de alta intensidade para fortalecer os músculos ajudará a proteger suas articulações. A força muscular em toda a articulação é o que estabiliza e protege.
As máquinas elípticas, as bicicletas estacionárias, as máquinas de remo e a natação são exemplos de exercícios de baixo impacto que proporcionarão fortalecimento muscular contínuo e benefícios aeróbicos e de queima de gordura, minimizando o estresse, pois são exercícios ao mesmo tempo intensos e de baixo impacto.

Preste atenção à sua Nutrição

Minimizar as respostas inflamatórias e excesso de gordura corporal são duas maneiras de garantir músculos e articulações saudáveis.
Dietas que são mais alcalinas tem sido reconhecidas como importantes para melhorar a energia e ajudar a diminuir a inflamação. Alimentos como abacates, gengibre, maçãs, tâmaras, couve, espinafre e papaia são importantes para incluir na dieta.
Uma dieta baixa em gorduras saturadas e alimentos processados ​​também pode ser benéfica.
Também opte por peixe, vegetais, frutas (cerejas, maçãs, abacaxi), grãos integrais, nozes e legumes.

Manter a postura adequada

Se você tem que se sentar, pratique boa postura.
A postura sentada ruim pode levar a músculos apertados e comprometidos e, eventualmente a dores nas costas. Os discos vertebrais têm fraco fornecimento de sangue nutricional quando seu corpo é estático. Levantar-se e mover-se a cada hora para se esticar e se mover é necessário para combater estes efeitos e reduzir as dores na coluna.
Para uma boa postura sentada sugere-se o uso de suporte para costas mais baixas. Configurando sua mesa para que sua estação de trabalho esteja perto de você, os ângulos de 90 graus para os cotovelos, quadris e joelhos são considerados melhores.
Cadeiras com suporte para a lombar são ideais. Se sua cadeira não possui esse suporte você pode enrolar uma almofada ou toalha de banho e coloque-la atrás das costas, na região da lombar.
 

Suplementos

Recomendados para o tratamento da artrite, os suplementos para articulações Glucosamina Condroitina foram demonstrados em estudos médicos como sendo benéficos para as articulações. Alguns suplementos para articulações têm uma combinação desses ingredientes para a saúde máxima das articulações e energia total.
 

Use tênis adequados

Independentemente da atividade, os tênis devem oferecer amortecimento, estabilidade e conforto, sendo flexíveis. Os arcos de seus pés podem ser altos, normais ou inexistentes e saber esta informação é importante para selecionar um tênis de treino.
Para esportes de impacto, como a peteca, o principal fator é a capacidade de compressão. No caso da corrida, por exemplo, normalmente a capacidade de compressão é reduzida entre 500-800 quilômetros. Neste momento, ou aproximadamente a cada seis meses, no caso da peteca, é hora de substituir seus tênis de porque os mesmos desgastados causam tensões anormais nas articulações com suporte de peso.
 

Aumentar a flexibilidade

Alongamento, seja dinâmico ou estático, mantém a amplitude de movimento em torno das articulações.
Articulações rígidas podem alterar as tensões observadas durante as atividades e são mais propensas ao inchaço, o que pode enfraquecer os músculos que protegem a articulação.
Por isso é importante aquecer todos os principais grupos musculares antes do exercício e alongar-se posteriormente para aumentar a flexibilidade.

× Como posso te ajudar?